Estratégias de aprendizagem no trabalho: Uma prática exigida pela atualidade

  • Adriane Barbosa Gimenez UFU - Universidade Federa de Uberlândia
Palavras-chave: Estratégias de Aprendizagem no Trabalho

Resumo

RESUMO

A aprendizagem é inerente ao ser humano e valorizada nos mais diversos contextos, especialmente, no âmbito do trabalho é valorizada porque os trabalhadores precisam aprender constantemente com vista a realizar suas atividades cotidianas e para inovar. Existem diversos construtos associados com essa temática, aqui o foco está nas estratégias de aprendizagem para aprender no Trabalho (EAT), que é definida como uma composição de práticas informais utilizadas pelos indivíduos, em qualquer situação, com o propósito de gerar aprendizado, tendo a finalidade de adquirir, armazenar, evocar e utilizar tais informações a serem aprendidas. Estas práticas apresentam três componentes que são cognitivo, afetivo e comportamental. Dada a relevância do conceito o objetivo central desse estudo foi realizar uma revisão sistemática de literatura na última década, 2007-2017, nos periódicos melhor avaliados pela CAPES. A bibliometria resultou em 31 artigos, sendo 22 nacionais e 09 internacionais. No Brasil, foram identificadas quatro escalas validadas para aferir EAT, prevalecem as investigações quantitativas. Ao cotejar os estudos nacionais com os internacionais se observa que os autores estrangeiros são citados pelos brasileiros, autores nacionais estão publicando no exterior, há citação cruzada. A agenda de pesquisa aponta a necessidade de investigar novos antecedentes e consequentes. O campo de estudos está em refinamento e consolidação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
20-12-2019
Como Citar
Gimenez, A. B. (2019). Estratégias de aprendizagem no trabalho: Uma prática exigida pela atualidade. Gestão E Sociedade, 14(37), 3306-3337. https://doi.org/10.21171/ges.v14i37.2669